16.10.07

do dia para a noite

há uns dias, assim de repente, deu-se uma mudança em mim que ainda não consegui explicar. costumava achar a minha barba ridícula engraçada. tinha-lhe um certo carinho. acontece que perdi o adjectivo "engraçada" e já só a acho ridícula. de maneira que já não a deixo crescer mais de dois ou três dias (antes chegava, sem dificuldade, às duas semanas). portanto, vou ali fazer a barba, já volto.

(volto para estudar e não para postar, como é óbvio!)

1 comentário:

Ente lectual disse...

Reparem que eu podia dizer, mas não digo, que não tenho barba, como quem diz, mas não digo, Olhem para mim aqui puto e génio, mas não digo, que antes o resto vem o orgulho na masculinidade que se não tem.

E portanto foram coisas